sexta-feira, junho 27, 2008

RALHETE!

Hoje estava um dia de sol muito bom para esticar as pernas pela cidade. E assim, depois de uma curta visita ao veterinário para a doutora me ver as patas, a minha dona levou-me a passear no parque próximo.Eu estava muito divertido a cheirar e a marcar o território...até que avistei um cão grande e esguio como um cavalo!Ele topou-me logo e logo se encaminhou para mim...
O cão não trazia a trela!Mas o dono dele trazia headphones nos ouvidos pelo que nem sequer ouvia a minha dona a dizer que agarrasse o seu grande cão negro!Ele veio direito a mim e eu ladrei e rosnei para que se afastasse. Mas às vezes até parece que falamos todos línguas diferentes!E então ele estava tão próximo de nós que eu dei-lhe uma pequena mordidela amigável mas convincente no pescoço, a minha dona não conseguiu impedir! O moço continuou a curtir o seu som nas calmas...o cão fugiu e eu vim imediatamente para casa com um ralhete! É a vida!Mas não é nada justo...

Um comentário:

  1. Também acho que não é justo! Tu até te tentaste controlar...

    ResponderExcluir

Adorei que me viesses visitar! Volta mais vezes! Auuff!!